Controle a enxaqueca

A enxaqueca é a segunda forma de dor de cabeça mais comum no mundo. Conheça mais sobre essa doença, e entenda como é feito o tratamento!

Campanha contra a Dengue - Prefeitura de Campo Grande MS

A enxaqueca é a segunda forma de dor de cabeça mais comum no mundo.

A pessoa com enxaqueca possui estímulos elétricos mais intensos, por isso tem um cérebro mais sensível à luz, cheiros, alterações metabólicas, hormonais e do humor.

As características da enxaqueca são uma dor pulsátil em um dos lados da cabeça às vezes dos dois geralmente acompanhada de fotofobia e fonofobia aversão a luz e ao som, náusea e vômito.

Existe a forma episódica crises espaçados e a forma crônica, quando acomete mais de 15 dias por mês no mínimo de três meses.

Na enxaqueca episódica é prescrito medicação para cessar crise de dor. Já na forma crônica é associado medicação são oral ou botox para estabilização neuronal que evita ter a dor de cabeça e controlando a doença crônica.

Mas o grande êxito no tratamento das duas formas é reconhecimento e tratamento dos pontos de gatilhos.

Os principais gatilhos da enxaqueca são: estresse, menstruação, mudança hormonal, privação do sono, jejum prolongado, baixa ingestão de água e alimentação rica em carboidratos.

Leia mais sobre os pontos de gatilhos e converse com o neurologista para juntos definirem a melhor estratégia de tratamento da sua enxaqueca.

*Os anúncios e informes publicitários assinados são de responsabilidade de seus autores,
e não refletem necessariamente a opinião da Revista Saúde Mais.


Recomendados para você