Lipo HD ou Lipoescultura de Alta Definição: A nova moda para definir o contorno corporal

A nova moda em cirurgia plástica é a Lipo HD, uma técnica de lipoaspiração que realça a definição muscular. Saiba tudo sobre a Lipo HD!

wp-content/themes/saudemais/img/banner/banner-300x600-Jan24.gif" style="width:300px;margin:1em auto;">?>

A nova moda em cirurgia plástica no Brasil é a Lipoescultura de Alta Definição (High-Definition Lipo) ou simplesmente Lipo HD. A técnica de lipoaspiração tem como objetivo realçar a definição das estruturas anatômicas do contorno corporal (definição muscular), principalmente na região do abdômen.

Seguindo a médica cirurgiã plástica Angélica Gravino, com a técnica é possível deixar o paciente com um corpo atlético, e com a tão sonhada por muitos a “barriga tanquinho “. A diferença entre a Lipo HD e a Lipo Tradicional é que a primeira simula definição muscular e a segunda não.

“Isso é obtido aspirando-se mais intensamente as áreas cuja definição deseja alcançar e menos intensamente as outras áreas, promovendo assim, maior definição às custas da escultura do tecido adiposo”, explica doutora Angélica.

O procedimento não é para todos que querem fazer, pois existem critérios que devem ser avaliados pelo cirurgião plástico antes de definir se a Lipo HD poderá ser realizada. “Se é o desejo do paciente obter definição muscular através da lipoaspiração, cabe ao cirurgião plástico avaliar se o paciente tem condições de ser realizado o procedimento. Pacientes acima do peso e com grande flacidez de pele não são candidatos a esse tipo de procedimento”, relata Angélica Gravino.

Geralmente uma lipoaspiração dura em média de 3 a 4 horas. Depende da quantidade de gordura a ser aspirada e o número de áreas, sempre lembrando que existem limites de segurança a serem seguidos. A anestesia usada normalmente é a peridural e sedação.

Em uma lipo pequena (1 área) e até média, uma internação de 6 a 12 horas. Lipoaspirações extensas, a internação média é 24 horas.

Como a Lipo HD é uma cirurgia sem grandes incisões (cicatrizes), não há grandes limitações e restrições de movimento. “É necessário um repouso de 5 a 7 dias e depois pode voltar às atividades habituais. O inchaço permanece durante 4 a 6 meses. As atividades físicas são liberadas entre 2 e 4 semanas, dependendo da recuperação do paciente”, afirma .

Angélica Gravino também alerta que é importante o uso de cintas modeladoras corretamente no pós-operatório. “Ela ajuda a manter os tecidos em suas novas posições e acelera a cicatrização, fazer as sessões de drenagem linfática as recomendadas e ficar longe do sol até a liberação médica”, conclui.

*Os anúncios e informes publicitários assinados são de responsabilidade de seus autores,
e não refletem necessariamente a opinião da Revista Saúde Mais.


Recomendados para você

Elastografia Hepática ARFI

Elastografia Hepática ARFI

O que é a Elastografia Hepática ARFI? Como funciona? Descubra qual o valor deste exame no diagnóstico da fibrose e cirrose hepática!