O que ocasiona as manchas no rosto e no corpo de mulheres no período da gestação?

Manchas durante a gestação: A Dra. Ellen Costa explica por que aparecem os melasmas, e como fazer o tratamento após o parto. Confira!

wp-content/themes/saudemais/img/banner/banner-300x600-Jan24.gif" style="width:300px;margin:1em auto;">?>

Respondendo a mais uma dúvida dos nossos leitores, perguntamos a médica Ellen Costa sobre o que causa manchas no corpo e rosto da mulher durante a gestação. Segundo ela a, durante a gestação, as alterações hormonais são o principal motivo para o aparecimento das manchas, em especial no rosto, chamadas melasma ou cloasma.

“De modo geral, as manchas aparecem no rosto, mas também é possível que haja o escurecimento de algumas partes do corpo, como os mamilos, das axilas e virilha e da linha média abdominal. O melasma não é exclusivo das gestantes mas é bem frequente entre elas, por causa da mudança hormonal característica dessa fase. ocorre um estímulo maior para a liberação do hormônio melanócito estimulante, que possuo que produz melanina (o pigmento da pele)”, explica a doutora Ellen Costa.

A melhor forma de prevenção é usar filtro solar todos os dias, porque a radiação pode aumentar o escurecimento da pele. “O ideal é repor o filtro a cada três horas e não se expor ao sol das 10h às 16h”.

Após o parto, provavelmente o escurecimento dos mamilos e da linha da barriga irá se atenuar. Já o melasma poderá persistir. “Neste caso, existem inúmeros tratamentos a base de peeling, laser e medicações tópicas que poderão ser utilizados para suavizar o problema. Procure seu médico de confiança para decidir a melhor maneira de tratar as manchas “, finaliza.

*Os anúncios e informes publicitários assinados são de responsabilidade de seus autores,
e não refletem necessariamente a opinião da Revista Saúde Mais.


Recomendados para você

Elastografia Hepática ARFI

Elastografia Hepática ARFI

O que é a Elastografia Hepática ARFI? Como funciona? Descubra qual o valor deste exame no diagnóstico da fibrose e cirrose hepática!